Aplicando Lightning Decision Jam no StartupGO

No dia 06/02 ocorreu, em Goiânia, o StartupGO Conference, que teve o objetivo de reunir os atores chave do ecossistema goiano de inovação — LEADERS (empreendedores e intraempreendedores) e FEEDERS (governo, academia, associações, grandes empresas, fundos de investimentos, investidores e outros).

Durante o evento, tivemos várias trilhas para alinhar os participantes em relação a onde estamos, como ecossistema, e onde queremos chegar.

Uma das trilhas que executamos foi a Lightning Decision Jam StartupGO — um ciclo de resolução de problemas baseado no Design Sprint.

Programação StartupGO Conference

O objetivo da dinâmica foi mapear os pontos positivos e negativos do nosso ecossistema, co-criando soluções para os problemas levantados e um plano de ação para implementar e testar essas soluções, em um prazo máximo de um mês.

O Lightning Decision Jam (LDJ), é um exercício baseado nos princípios e atividades do Design Sprint. Criado pela AJ&Smart, o processo dele envolve levantar os pontos positivos (o que nos acelera); pontos negativos (o que nos freia); votar e priorizar os problemas; reescrever os problemas em forma de desafios a serem resolvidos, usando o método Como Nós Poderíamos — CNP (How Might We — HMW); criar e priorizar soluções para esses desafios; escolher qual solução executar, baseada em uma matriz Impacto x Esforço; e, por fim, criar um plano de ação para as soluções priorizadas.

Visão geral do Lightning Decision Jam (Adaptada da Balik Design)

Os planos de ação desenvolvidos no evento representam apenas um primeiro passo rumo à solução completa; tratam-se de apenas uma pequena versão dessa solução que já poderá ser testada e validada assim que a o StartupGO Conference finalizasse.

Trabalhando em cima do framework da Up Globaldos pilares de um ecossistema próspero de startups — Talento, Densidade, Cultura, Capital e Ambiente Regulatório — os participantes do StartupGO Conference foram organizados em grupos, cada um trabalhando um desses pilares.

Pilares de um ecossistema próspero de startups — Framework Up Global

A seguir, apresentamos os pontos levantados e pensados por cada um dos grupos.

O que nos acelera e freia

A dinâmica do LDJ inicia com os membros do grupo anotando em post-its, em silêncio e sem discussão, os pontos positivos que vêem em relação ao pilar Densidade do Ecossistema, colando-os na região da vela do desenho do barco (simbolizando o que está nos acelerando). Em seguida, as pessoas anotam em post-it os pontos negativos, colando-os na região da âncora do desenho do barco (simbolizando o que está nos freando).

Cada membro então recebe uma quantidade de votos adesivos e seleciona os problemas que acha mais críticos e importantes de serem solucionados inicialmente.

Priorização dos problemas

Os problemas mais votados são separados e priorizados, em ordem decrescente de votos.

Soluções para os maiores desafios a serem resolvidos

Os três maiores problemas são selecionados e re-escritos em forma de desafio a ser resolvido.

Usa-se o método Como Nós Poderíamos (CNP; ou How Might WeHMW) para reformular um problema em um desafio. Essa reescrita ajuda os participantes a abrir a mente para um estado mais criativo e aberto a pensar em diversas soluções.

Para cada desafio (CNP), os participantes escrevem soluções que possam ajudar a resolvê-los. Os membros do grupo então recebem novamente votos adesivos e escolhem as ideias de solução que acham mais interessantes de serem trabalhadas.

Priorização de soluções com a Matriz de Impacto x Esforço

O passo seguinte do Lightning Decision Jam é posicionar cada uma das soluções votadas em uma matriz de Impacto x Esforço.

Essa matriz ajuda a priorizar soluções que tenham alto impacto e baixo esforço.

A Lego usa essa matriz para priorizar suas ideias. Cada quadrante define uma forma de abordar e gerenciar as ideias.

Planos de ação para as soluções priorizadas

São criados Planos de ação para as soluções que ficaram no quadrante de alto impacto e baixo esforço.

Esses planos de ação mostram um passo-a-passo simples para executar um experimento/protótipo da solução para um problema levantado. Não é necessário delinear a solução completa nesse plano de ação, apenas uma pequena versão que já possa ser testada e validada.

Uma recomendação para o plano de ação é que ele deve ser possível de ser executado em 1–2 semanas. No caso do LDJ que aplicamos para a comunidade StartupGO, colocamos um prazo de 1 mês, dada a complexidade e dificuldades de coordenar, executar e mensurar ações de um ecossistema de inovação.

O que nos acelera e freia

Priorização dos problemas

Soluções para os maiores desafios a serem resolvidos

Priorização de soluções com a Matriz de Impacto x Esforço

Planos de ação para as soluções priorizadas

O que nos acelera e freia

Priorização dos problemas

Soluções para os maiores desafios a serem resolvidos

Priorização de soluções com a Matriz de Impacto x Esforço

Planos de ação para as soluções priorizadas

O que nos acelera e freia

Priorização dos problemas

Soluções para os maiores desafios a serem resolvidos

Priorização de soluções com a Matriz de Impacto x Esforço

Planos de ação para as soluções priorizadas

O que nos acelera e freia

Priorização dos problemas

Soluções para os maiores desafios a serem resolvidos

Priorização de soluções com a Matriz de Impacto x Esforço

Planos de ação para as soluções priorizadas

O que nos acelera e freia

Priorização dos problemas

Soluções para os maiores desafios a serem resolvidos

Priorização de soluções com a Matriz de Impacto x Esforço

Planos de ação para as soluções priorizadas

O que nos acelera e freia

Priorização dos problemas

Soluções para os maiores desafios a serem resolvidos

Priorização de soluções com a Matriz de Impacto x Esforço

Planos de ação para as soluções priorizadas

Caso queira ver o relatório textual com todos os levantamentos e diagnósticos dessa dinâmica feita no StartupGO Conference, clique aqui


Leave a Reply

Your email address will not be published.